//
you're reading...
Opinião, Política, Sociedade

Vencendo as Fake News


Ah, as fake news….tão antigas quanto a humanidade…”Adão veio do barro e Eva da costela do Adão deve ter sido a primeira”… Claro, se você é um criacionista, podemos ir até um pouco mais para trás e dizer que “O universo nasceu de uma explosão chamada Big Bang” foi a primeira “fake news”

O ponto é…notícias falsas são tão antigas quanto a humanidade…

Mas agora, com a explosão das redes sociais, do WhatsApp e da ânsia do ser humano de receber “likes”, ser o primeiro a compartilhar aquela “notícia bombástica”, reforçar o seu ponto de vista com “argumentos contundentes” ou simplesmente “causar”, elas se tornaram um assunto crítico, a ponto de influenciarem no resultado de eleições, causarem danos permanentes a imagem de pessoas ou até mesmo causarem mortes de inocentes…

Por isto necessitamos lidar com este assunto de forma séria e imediata.

Creio que a maioria das pessoas não compartilharia uma notícia se soubesse que ela é falsa, mas às vezes lhes falta o discernimento para separar uma notícia falsa de uma real.

E como fazemos isto?

Bom, vou aqui identificar algumas técnicas básicas, que não tomarão o seu tempo e permitirão que você não compartilhe notícias falsas, passe vergonha ou mesmo, quiça, cometa um crime.

  • Verifique a origem da notícia

É de um site conhecido, como BandNews, Carta Capital, Veja, Isto É, Folha de São Paulo, Globo, UOL ou outros cuja fonte pode ser confirmada? Se não for, suspeite.

  • A notícia tem origem em algum site que é uma variação de um site conhecido

Por exemplo, “www.uolxyz.net”, “g1.hosted.com” ou “bandneus.com.br”? Se for, é falso. Caso você tenha dúvida, verifique no Google qual é o endereço real do site.

  • Não se atenha apenas ao título da notícia.

Leia a notícia toda.  Muitas vezes, para chamar “cliques”, um título tem um enfoque distinto da notícia.

  • Verifique quem é o autor do texto.

Notícias falsas, com o intuito de gerar credibilidade, inventam nomes de referências como “Fulano – Advogado da OAB” ou “Beltrana – Doutora da USP com certificado número 123456”. Os autores sabem que muitos nunca irão checar estas referências, então os citam a vontade. Uma simples busca no Google te dará a resposta se as tais fontes existem ou não.

  • Verifique se a notícia existe em outros sites ou portais mais relevantes

Recebeu uma notícia bombástica que corrobora tudo o que você já sabia e estava alertando os demais faz tempo, mas que ninguém nunca te deu ouvidos? E esta notícia vem do “www.sitequeninguemconhece.com”? É melhor dar uma checada antes se esta notícia existe em algum outro site mais sério antes de sair compartilhando…Vai que é “fake” (e provavelmente é)

  • Cheque a data da notícia

Notícias antigas podem ter sido esclarecidas (um mal entendido), resolvidas (a pessoa pode ter sido absolvida) ou terem sido desmascaradas. Novamente, dê uma checada se a notícia é antiga e se for, veja se ela ainda é relevantes e claro, se é verdadeira

  • Cuidado com notícias que usam títulos alarmantes

Repórteres sérios não utilizam títulos como “Compartilhe já”, “Isto é urgente” e outras palavras para dar uma conotação de urgência em compartilhar a notícia. Sempre desconfie quando vir algo assim.

  • Verifique se a notícia não é uma piada

As vezes, a notícia é tão bizarra que só pode ser piada. E no fim, é mesmo….Cheque o autor e a notícia para ver se não é apenas uma brincadeira.

  • Desconfie de quem compartilhou a notícia

Em muitos grupos, é comum ter aquela pessoa (tipo, a sua vó) que compartilha tudo que aparece…lista de desejos, corrente do bem, corrente do mal, números da mega-sena e claro, “fake news”.

Se a notícia duvidosa vier de alguém assim, desconfie ainda mais.

 

Usando estas poucas técnicas acima, você terá uma boa chance de identificar todas as notícias falsas que aparecem na sua frente. Aí, é só não compartilhar.

Claro, você pode me responder…”Ah, que trabalho danado só pra ver se a notícia é verdadeira. Não tenho tempo pra fazer isto”.

Se este é o seu caso, tudo bem também. Você não precisa checar nada.

E nem compartilhar notícia nenhuma!

O restante de nós, agradece!

Boa Noite

Advertisements

About Alexandre Cezar

A 39 years old Brazilian guy, married and happy. Looking to share ideas, discuss and improve them for who knows make this world a better one.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

July 2018
M T W T F S S
« May    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Insira seu endereço de email para receber atualizações do Blog automaticamente por email.

Join 94 other followers

%d bloggers like this: