//
you're reading...
Opinião, Política, sexualidade, Sociedade, Violência

O problema da declaração do Levy Fidelix


2475647-9057-rec

É impressionante a quantidade de manifestações absurdas que são colocadas na Internet sobre a triste declaração do Sr. Levy Fidelix.

Só pra ilustrar, vou copiar algumas manifestações que encontrei em alguns fórums, aqui neste post.

 

“É isso aí o Levy está certíssimo querem tentar obrigar as pesssoas a aceitarem o que não querem, há um enorme complô de alguns da mídia e da política querendo obrigar a maioria da população que preza a família instituida por DEUS (homem e mulher) aceitar o que não é aceitável, todos tem direito a opinião e de tomar posição diante de qualquer assunto estamos em uma democracia, os homossexuais são em grande maioria baderneiros adoram escandalo e querem se mostrar, Querem ter intimidade que tenham em sua casa em seus quartos como qualquer pessoa decente homem e mulher fazem, ninguem fica se agarrando na rua ou fazendo aquela palhaçada que fazem na paulista, querem respeito mas não dão o respeito. Familia homem mulher e sua prole e assim por diante, mesmo sexo não há familia não tem continuidade no futuro se quiserem insistir nisso e apoiarem a sociedade será destruida…”

 

“Iria votar na Marina…Agora vou votar Levy…sinceridade e firmeza…chega de falsidade e leviandade!”

 

“Até que enfim um homem que preza a família, defende a moral e o bom comportamento.”

 

“Finalmente um que mandou a mherda toda essa propagandinha gay!”

 

 

E tem muito, muito mais por aí….Ah, o “pseudo” anonimato da Internet que permite aos loucos darem vazão as suas sandices.

 

Mas, vou tentar novamente, explicar a diferença entre liberdade de expressão e discurso de ódio…Vai que desta vez funciona…

 

Vamos então, começar por partes:

 

 

O direito ao livre exercício de pensamento e o direito à liberdade de expressão são garantidos pela Constituição e pelos tratados internacionais que o país assinou.

Mas, da mesma forma, as pessoas também são livres para ter sua orientação sexual. Isso sem contar o direito de ver preservada a sua integridade física e psicológica.

Ou seja, o mesmo direito que Levy Fidelix tem de ter suas opiniões, as pessoas também têm de ver garantida sua dignidade.

Mas, como qualquer outro direito adquirido, a liberdade de expressão não é um direito fundamental absoluto, pois a partir do momento em que alguém abusa de sua liberdade de expressão, indo além de expor a sua opinião, espalhando o ódio e incitando à violência, isso pode trazer consequências mais graves à vida de outras pessoas.

Discursos como o do Levy Fidelix incitam a violência e é através destes discursos (alguém se lembra de um tal de Hitler e seus discursos inflamados?) que as distorções acontecem e muitos começam a esfaquear, atirar e atacar outros.

E o candidato foi bem claro em sua argumentação quando ele, afirmou: “Vamos ter coragem! Nós somos maioria! Vamos enfrentar essa minoria. Vamos enfrentá-los”.

E foi isso o que aconteceu. Levy quis falar, Levy falou.

Contudo, há o outro lado da moeda: as pessoas são sim responsáveis pelo impacto que a divulgação de suas opiniões causam. Como foi o caso de dirigir a um grupo específico (homossexuais) um sentimento de ódio, propondo a restrição de seus direitos e até sua extirpação social. E toda pessoa que emitir um discurso de ódio, está sujeita a sofrer as consequências: pagar uma indenização, ir para a cadeia, perder o emprego, ter sua candidatura cassada.

Afinal, o exercício das liberdades pressupõe responsabilidade. Quem não consegue conviver com isso, não deveria nem fazer parte do debate público, recolhendo-se junto com sua raiva e ódio ao seu cantinho.

Ou seja, o problema não é ter opinião. Muito menos declará-la. E sim como você faz isso. De forma respeitosa ou agressiva? Privilegiando o diálogo  e buscando uma convivência pacífica, ou conclamando as pessoas para desrespeitar ainda mais aqueles vistos como diferentes por medo ou desconhecimento?

No caso do Sr. Levy Fidelix, o seu discurso foi sim, de incitação ao ódio e ao preconceito. E ele deve sofrer as consequências.

 

Boa Noite

Advertisements

About Alexandre Cezar

A 39 years old Brazilian guy, married and happy. Looking to share ideas, discuss and improve them for who knows make this world a better one.

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

October 2014
M T W T F S S
« Jul   Mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Insira seu endereço de email para receber atualizações do Blog automaticamente por email.

Join 93 other followers

Advertisements
%d bloggers like this: