//
you're reading...
Opinião, sexualidade, Sociedade, Violência

Homossexualidade


tumblr_lfweuwizHD1qev917o1_500_large

A homossexualidade é um tema cercado de ignorância. Atualmente, não existe assunto que lhe sejá comparável nestes termos.

Em qualquer época, podemos encontrar referências à existência de mulheres e homens homossexuais. Apesar dessa constatação, ainda hoje esse tipo de comportamento é chamado de antinatural.

Os que assim o julgam partem do princípio de que a natureza (ou Deus) criou órgãos sexuais para que os seres humanos procriassem; portanto, qualquer relacionamento que não envolva pênis e vagina vai contra Deus.

Se partirmos de princípio tão frágil, como justificar a prática de sexo anal entre heterossexuais? E o sexo oral? E o beijo na boca?

Se a homossexualidade fosse apenas perversão humana, não seria encontrada em outras espécies, no entanto, ela tem sido descrita em grande variedade, e já foi identificada em espécies como répteis, pássaros e mamíferos. E se faz parte da natureza, então foi criada por Deus. Este é um argumento comumente usado por religiosos, faço aqui apenas a utilização do mesmo termo.

Comportamento homossexual envolvendo fêmeas e machos foi documentado em centenas de espécies de mamíferos, incluindo ratos, camundongos, hamsters, coelhos, cães, gatos, macacos e até leões.

Relacionamento homossexual entre primatas não humanos está fartamente documentado na literatura científica. Já em 1914, foi publicado no Journal of Animal Behaviour um estudo sobre as tendências sexuais em macacos e babuínos, no qual foram descritos intercursos com contato vaginal entre as fêmeas e penetração anal entre machos dessas espécies.

Masturbação mútua e penetração anal fazem parte do repertório sexual de todos os primatas não humanos já estudados, inclusive bonobos e chimpanzés, nossos parentes mais próximos.

Considerar contra a natureza as práticas homossexuais da espécie humana é ignorar todo o conhecimento adquirido pelos cientistas em mais de um século de pesquisas.

Os que se sentem pessoalmente ofendidos pela simples existência de homossexuais talvez imaginem que eles escolheram pertencer a essa minoria. Quer dizer, num belo dia pensaram: eu poderia ser heterossexual, mas prefiro me relacionar com pessoas do mesmo sexo ou até, quem sabe eles devem ser do “mal” e pensam “Quero ofender meus pais, meus amigos e a sociedade, então qual o melhor jeito de fazer isto”? Hummm…Já sei!!!! Vou “dar a bunda” ou “colar o velcro”!!!!

Não sejamos tolos; quem escolheria a homossexualidade se pudesse ser como a maioria? Se a vida já não fosse difícil sem ter que sofrer preconceito….

A sexualidade não admite opções, simplesmente é. Podemos controlar nosso comportamento; o desejo, jamais.

Mais antiga do que a roda, a homossexualidade é tão legítima e inevitável quanto a heterossexualidade. Reprimi-la é ato de violência que deve ser punido de forma exemplar, como alguns países fazem com o racismo.

Os que se sentem ultrajados pela presença de homossexuais na vizinhança, que procurem dentro das próprias inclinações sexuais as razões para justificar o ultraje. Ao contrário dos conturbados e inseguros, mulheres e homens em paz com a sexualidade pessoal costumam aceitar a alheia com respeito e naturalidade.

Negar a pessoas do mesmo sexo permissão para viverem em uniões estáveis com os mesmos direitos das uniões heterossexuais é uma imposição abusiva que vai contra os princípios mais elementares de justiça social.

Os pastores de almas que se opõem ao casamento entre homossexuais têm o direito de recomendar a seus rebanhos que não o façam, mas não podem ser fascistas a ponto de pretender impor sua vontade aos que não pensam como eles.

Afinal, caro leitor, a menos que seus dias sejam atormentados por fantasias sexuais inconfessáveis, que diferença faz se a colega de escritório é apaixonada por uma mulher? Se o vizinho dorme com outro homem? Se, ao morrer, o apartamento dele será herdado por um sobrinho ou pelo companheiro com quem viveu trinta anos?

Pense nisto

Bom dia

PS: Texto adaptado do blog do Dr. Drauzio Varella – http://drauziovarella.com.br

Advertisements

About Alexandre Cezar

A 39 years old Brazilian guy, married and happy. Looking to share ideas, discuss and improve them for who knows make this world a better one.

Discussion

7 thoughts on “Homossexualidade

  1. Ótimo texto, Alexandre.. Inclusive, o usarei em um trabalho de faculdade, com todos os créditos possíveis, fique tranquilo. Gostaria de saber apenas sua formação acadêmica, pois o professor exige isso na elaboração do trabalho, se não for incômodo, é claro. Grata desde já!

    Posted by Stéfanie Amaral | September 5, 2013, 8:28 pm
  2. Homossexualidade sempre existiu,mas da forma como está sendo colocado hoje é que não vejo cabimento.Cada um tem o seu livre arbítrio,mas o que estou percebendo é que a influência para ser homossexual é mais forte do que para hétero.Será que é tão horrível ser hétero seja homem ou mulher?A Humanidade está de pé por conta do homem e da mulher.E creio sim, que foram feitos para se amarem e formarem uma família.Sempre existiu a homossexualidade até nos animais.Só que está cada vez mais está crescente e eu aprendi desde criança que tudo em exagero tem algo errado.E acredito que para as coisas estarem neste ponto.É por conta do relacionamento entre homem e mulher, que está perdendo a essência,o amor e o companheirismo e amizade.O homem sempre foi visto como o mais forte, o mais isso ou aquilo e a mulher nunca teve o valor de verdade que deveria.Para Deus tanto o homem como a mulher são iguais e não existe um melhor do que o outro.Estamos aqui para aprender um com o outro não é para ficar disputando.

    Posted by ádila edissa santos leão | December 27, 2013, 12:13 pm
  3. ok!!! respeito a opiniao de todos , mas sinto dizer ao SR DRAUZIO que ele como um formador de opiniao ( é um bom medico) nao podemos ser maria vai com as outras… AMIGOS !!!! quando tivermos dúvida em nossos anceios ou questoes aparentemente dificeis de resolver, vos dou uma opiniao ( se humilhe pelo que DEUS DISSE em sua PALAVRA ,ou seja, nao é opiniao minha ,nem sua, nem de ninguem, eu posso até errar em um conceito, mas DEUS NAO !!!!!! e se ELE DISSE que nao aceita algo, pode alguns aqui na terra se opor , a PALAVRA DELE NAO PASSARÀ ,,,,,,SR DRAUZIO >>>>>>>>

    Posted by ademir candiani | April 6, 2016, 9:23 pm
    • Respeito sua opinião, mas discordo, afinal, caso Deus fosse contrário e considerasse a homossexualidade um pecado, ela não existiria em outras espécies. E se a nossa sexualidade é uma escolha, te pergunto:

      Quando você escolheu ser hétero?

      Posted by Alexandre Cezar | April 14, 2016, 1:14 am

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

April 2013
M T W T F S S
« Mar   May »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Insira seu endereço de email para receber atualizações do Blog automaticamente por email.

Join 93 other followers

Advertisements
%d bloggers like this: