//
you're reading...
Internet, Opinião, Relacionamentos, Sociedade

Conectados, mas sozinhos


Outro dia eu estava em um vôo e havia uma garota de uns quinze, dezesseis anos sentada ao meu lado.

Enquanto o avião não decolava, ela ficou ali mexendo no seu celular. Eu comecei a reparar que ela ficava enviando mensagens SMS de uma forma meio que enlouquecida e acessando sua página do Facebook, visualizando o perfil de várias pessoas, clicando em vários “likes” e postando coisas.

Depois que o avião decolou, ela ficou o tempo inteiro do vôo inquieta, realmente incomodada com a situação de estar “desconectada”.

E foi só o avião tocar o chão (literalmente) para que ela ligasse o celular e voltasse a rotina frenética de clicks.

E depois eu fiquei pensando “Como alguém pode ser tão dependente de um celular?”

E a conclusão é óbvia.

Não é ela. Tem muita gente assim. Dependente da tecnologia. Cada vez mais.

Pessoas capazes de ficar 10 horas no MSN ou Facebook.

Pessoas conectadas o tempo todo. Com 500 amigos no Facebook.

Pessoas conectadas.

Cheias de amigos.

Certo?

Errado.

Por mais incrível que pareça, é cada vez maior o número de pessoas conectads que não tem ninguém para sair com elas em um sábado a noite.

Que estão sozinhas.

E eu pergunto:

Por que estamos chegando nesta situação? Porque estamos abandonando os relacionamentos reais pelos virtuais?

Por que temos receio de manter conversas no mundo real? Por que preferimos o SMS, o MSN, o Twitter ou Facebook?

Por que tememos o face-a-face?

Você já pensou nisto?

Para mim, a resposta é clara.

O botão DELETE

Ficou na dúvida?

Em um mundo de perfeição e padrões inatingíveis, o que as pessoas querem ser?

Se você pensou em “perfeito”, acho que você errou.

A resposta é “aceito por todos”

Então, se você pode personalizar sua resposta para que ela fique de acordo com o que a outra pessoa pensa, ótimo! Vamos maquear quem somos, pensar duas vezes antes de mandar uma mensagem, revisar e deletar o que achamos inconveniente.

E não dá pra fazer isto em uma conversa.  É tudo em tempo real. Tem expressões faciais, linguagem corporal e não dá pra apagar o que dizemos.

Está dito.

Enquanto os mais velhos viveram em um mundo onde a conversa era essencial (era isto ou a carta/telegrama), os mais novos não tiveram esta experiência.

Já nasceram ou se desenvolveram em um mundo conectado.

E eles temem a interação em real. Eles não a praticaram.

Mas, os seres humanos precisam dela para viver. Somos seres sociáveis.

E não dá pra simplesmente trocar o real pelo virtual.

Quem somos “não aceita isto”.

E por isto, cada vez mais estamos conectados.

Mas sozinhos.

Pense nisto.

Boa Noite

Advertisements

About Alexandre Cezar

A 39 years old Brazilian guy, married and happy. Looking to share ideas, discuss and improve them for who knows make this world a better one.

Discussion

4 thoughts on “Conectados, mas sozinhos

  1. Olá Alexandre. Sem dúvida alguma.Sozinhos, egoístas,introvertidos,(…),tudo pelo arrasto das novas tecnologias.Mas cada um assume seu erro.
    Obrigado

    Posted by Asantix | May 22, 2012, 8:19 am
  2. Valeu a partilha e indicação, pois assim podemos fazer uma ótima reflexão a respeito do tema em post que diz bem assim:”Conectados, mas sozinhos”… Ok!

    Posted by charlesnetto | May 22, 2012, 2:02 pm
  3. Olá Alexandre, creio que eu tenha a explicação pra tal fenômeno, pelo menos dentro do meu ponto de vista:
    “Nunca o mundo esteve tão conectado, porém também nunca as pessoas padeceram da tão angustiosa incomunicação
    Nunca os centros urbanos estiveram tão povoados, porém as pessoas sofrem de solidão e nunca necessitamos tanto do calor humano mas qualquer tentativa de aproximação se converte em suspeita a amabilidade a e ajuda, acreditando que isso faz parte de algum negócio!
    “Silo”
    Ou seja, estamos dentro de nosso trabalho e meio social como “competidores” sempre interessados em conseguir algo, usando um cargo ou uma rede pra estar no topo de tudo, desconfiando de tudo e de todos, como se fosse numa empresa. Quantas pessoas essa menina do seu texto conhece pessoalmente? Quantos ela já deu um abraços? Ou ela quer se sentir com um “público” que está focado nela como se ela fosse uma grande “atriz”?
    Porém uma grande atriz tem que se manter “misteriosa” para que as pessoas se iludam e “sonhem” como uma personagem do jeito que eles querem, não com a pessoa humana atrás da conexão…
    abraços!

    Posted by Frank Castle | May 22, 2012, 4:21 pm
  4. Voce precisa se conectar Ale 🙂

    Proce ter ideia pra eu postar um comentario aqui eu preciso ter conta no twitter, facebook ou no wordpress.com. Ou seja o mundo todo esta conectado.

    Posted by Felipe Salum (@felipesalum) | May 22, 2012, 6:48 pm

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

May 2012
M T W T F S S
« Apr   Jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Insira seu endereço de email para receber atualizações do Blog automaticamente por email.

Join 95 other followers

%d bloggers like this: