//
you're reading...
crônica, Sociedade

Desespero…


É o termo certo para a cena que vi neste último final de semana.

Fui a uma agência bancária para sacar dinheiro e ao entrar me deparo com uma senhora sentada no chão falando alto ao telefone e chorando.

Fui até ela e verifiquei se poderia ajudar com algo. Noto que ela é uma pessoa simples, roupas rotas e português bem mal conjugado.

Em prantos ela me diz que foi a agência sacar dinheiro para compras, mas que teve problemas com o cartão. Nisto uma garota bem apessoada apareceu e lhe ofereceu ajuda. Ao terminar de ajudá-la, a garota foi embora e a Sra. em questão notou que não havia mais nenhum real em sua conta e logo em seguida seu cartão havia sido bloqueado.

E ela se acabava em lágrimas e uma outra pessoa ao telefone falava alto também, algo sobre o dinheiro de uma vida.

Tentei acalmá-la dizendo que se o cartão estava bloqueado era provavelmente devido ao fato do banco ter desconfiado da transação e a bloqueado. Pedi a ela que fosse até a delegacia fazer um B.O e que ligasse para o banco explicando o acontecido e solicitando o estorno da transação, pois ela havia sido lesada. A instrui sobre os problemas de se confiar em desconhecidos (eu era o que pra ela?) e que ela deveria correr para tentar reverter o dano.

A Sra. se vai e eu fico pensando naquele desespero todo e na inocência ou ingenuidade que ela carregava. Entregou a senha de seu cartão a uma pessoa desconhecida.

Poderia eu aqui, escrever sobre a perversidade humana.

Ou sobre sua ingenuidade.

Ou burrice.

Ou a capacidade de acreditar. Mesmo em tempos de pouco crédito.

Ou até, vá lá…Dos sistemas antifraude dos bancos.

Mas prefiro simplesmente não escrever mais nada. E apenas relembro o rosta daquela Sra.

Para imaginá-la, coloque um celular na mão esquerda do personagem do quadro acima (O grito de Edward Munch, diga-se de passagem). O restante é o mesmo.

Quadro que causa certo desespero.

Como a cena que vi.

Boa Noite

Advertisements

About Alexandre Cezar

A 39 years old Brazilian guy, married and happy. Looking to share ideas, discuss and improve them for who knows make this world a better one.

Discussion

2 thoughts on “Desespero…

  1. Imagino a canseira que essa humilde senhora levara do banco, para conseguir ter de volta seu dinheiro, conta desbloqueada e tudo mais, visto a dificuldade que eh pra conseguir fazer uma reclamacao e ter andamento em qualquer caso no Brasil.

    Posted by Felipe Salum | November 2, 2011, 11:07 pm
  2. Uma boa releitura citada em post junto ao contra ponto descrito e com o adicionar da foto do quadro onde nos faz pensar bem assim: …”coloque um celular na mão esquerda do personagem do quadro acima (O grito de Edward Munch, diga-se de passagem). O restante é o mesmo.”

    Posted by charlesnetto | January 12, 2012, 8:07 am

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

November 2011
M T W T F S S
« Oct   Dec »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Insira seu endereço de email para receber atualizações do Blog automaticamente por email.

Join 93 other followers

Advertisements
%d bloggers like this: